Cesare Battisti é detido enquanto tentava sair do Brasil

Por Redação 04/10/2017 - 21:13 hs
Foto: Arquivo Veja Paraná

O ex-ativista italiano Cesare Battisti foi detido na tarde dessa quarta (4) por evasão de divisas enquanto tentava sair do Brasil com grande quantia de dinheiro estrangeiro sem declarar à Receita Federal. Battisti está retido na delegacia da Polícia Federal, em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, onde presta esclarecimentos.

De acordo com a PF, o ex-ativista foi abordado por Policiais Rodoviários Federais em um táxi boliviano, que estava com outros dois passageiros. O advogado de Cesare Battisti, Igor Sant’Anna Tamasauskas, disse que ainda não conseguiu contato com o cliente e não sabe os reais motivos da detenção.

Segundo normas da Receita Federal, qualquer pessoa que cruza a fronteira do Brasil com valores acima de 10 mil reais precisa fazer uma declaração chamada “Bens de Viajantes”. Acusado de terrorismo na Itália, Cesare Battisti foi condenado à prisão perpétua por quatro assassinatos nos anos 70, quando integrava o partido Proletários Armados para o Comunismo, grupo de extrema esquerda.

Em 2004, o ex-ativista fugiu do país e veio para o Brasil. Três anos depois ele foi preso e em 2009 o Supremo Tribunal Federal autorizou a extradição, que foi negada pelo ex-presidente Lula em 2010. Na semana passada, a defesa de Battisti entrou com pedido de habeas corpus no STF para impedir a eventual extradição, deportação ou expulsão do Brasil.