Operação policial prende cinco pessoas no Litoral do Estado

Por Redação 28/11/2017 - 19:11 hs
Foto: Polícia Civil do Paraná

Cinco pessoas, entre elas três mulheres, foram presas, durante uma operação policial deflagrada no inicio da manhã desta terça-feira (28), pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), com o apoio da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), além do auxilio dos cães farejadores. 

A ação realizada nos bairros Rio da Onça e Tabuleiros no município de Matinhos, Litoral do Estado, teve como objetivo de cumprir 22 mandados de busca e apreensão em residências de pessoas envolvidas em vários crimes patrimoniais, tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. 

Ao longo da operação foram apreendidos cerca de 700 gramas de maconha (divididas em porções), 14 gramas de cocaína (separadas em buchas prontas para a venda), dois revólveres calibre 38 municiados, com numeração raspada, além do valor de R$ 13, 6 mil em dinheiro trocado – possivelmente oriundo do tráfico. 

Após dois meses de um trabalho de inteligência e campo, a Polícia Civil, solicitou à Justiça os mandados de busca e apreensão domiciliar na região Litorânea do Estado, expedidos pela Vara Criminal de Matinhos. 

Dos cinco autuados em flagrante, um casal, 30 anos e 46 anos, foram presos. Na residência da dupla, a equipe policial encontrou porções de maconha e cocaína, bem como uma quantia em dinheiro, em torno de R$ 280. Ambos responderão por tráfico de drogas e associação para o tráfico. 

Seguindo as diligências em outra casa, a polícia flagrou outra mulher, de, 18 anos, com uma porção de maconha. Ela responderá por tráfico de drogas. Já na residência de um homem, 25 anos, os investigadores apreenderam um revólver calibre 38 com munições. O rapaz foi autuado por posse de arma de arma de fogo e munição. 

Uma terceira mulher, de 41 anos, foi detida com um revólver calibre 38 e grande parte do dinheiro. A suspeita foi autuada por posse de arma de fogo. 

Outras duas pessoas também foram encaminhadas até a delegacia para prestar esclarecimentos. Uma delas assinou um Termo Circunstanciado por uso de drogas e a outra - onde o dinheiro e uma porção de maconha - foram encontrados, foi ouvido e liberado. As investigações apuraram que a droga e o dinheiro apreendido não pertenciam a ele, e sim ao seu filho que não estava na casa. Ambos foram liberados. 

O delegado-titular do Cope, Rodrigo Brown, destaca o trabalho operacional realizado pelas equipes policiais. “Tiramos de circulação várias pessoas envolvidas em crimes diversos, entre eles o tráfico de drogas e posse de arma de fogo”, concluí o delegado, completando que as investigações continuam a fim de tirar de circulação outras pessoas envolvidas no mundo do crime. 

Todos os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Matinhos onde aguardam à disposição da Justiça.